Como lidar com a TI híbrida em sua empresa?

setembro 21, 2017

A nuvem trouxe muitas vantagens para as empresas, porém muitas delas não têm necessidade de rodar todo o seu ambiente na nuvem. Surge então um questionamento: como gerir uma infraestrutura espalhada em servidores locais e provedores de nuvem?

A TI híbrida é a realidade de várias empresas que optam por particionar seus recursos localmente e na nuvem. Mas essa opção traz alguns desafios a se vencer. Neste artigo vamos mostrar os principais obstáculos a serem transpostos e como você e a sua empresa podem sair vencedores desse embate.

Gestão complexa da infraestrutura

A SolarWinds, empresa americana de gerenciamento de TI, publicou recentemente uma pesquisa que mostra que 64% dos profissionais de TI de médias e grandes empresas concordam que a gestão de um ambiente híbrido pode ser mais complexo que um ambiente tradicional, aumentando assim a responsabilidade das equipes de TI.

A promessa de inovação trazida pela migração para a nuvem traz também aumento de comprometimento dos profissionais de TI, que devem ficar atentos às mudanças que podem ocorrer em seus ambientes.

A saída para essa situação é o planejamento por parte dos gestores para que a migração não pegue o profissional de tecnologia de surpresa, não estando preparado para as tarefas que lhe cabem.

Qualquer estratégia de migração deve ser planejada para verificar todos os inconvenientes que podem ocorrer antes, durante e depois.

Controle da infraestrutura ausente

A pesquisa também revelou que 48% dos profissionais de TI não sentem que possuem controle ou visibilidade geral sobre a infraestrutura híbrida, uma vez que não contam com ferramentas suficientes que lhe garantam esse controle.

Essa situação tem influência direta sobre o sucesso da gestão de uma TI híbrida pela falta de ferramentas adequadas que lhe garantam o controle indispensável para atender as demandas e expectativas de qualidade esperadas.

A única maneira de contornar esse cenário é se a equipe de TI trabalhar junto aos gerentes em busca de um leque de ferramentas de controle e solução de problemas capazes de atender as necessidades da empresa.

Carências de habilidades da equipe de TI

A falta de habilidades de alguns profissionais do setor de tecnologia também se apresenta como um desafio a ser superado. Entre os entrevistados, 43% reconhecem que existe carência nos profissionais existentes hoje no mercado.

Com uma equipe despreparada em termos de conhecimentos, nenhuma estratégia de migração e gerenciamento de uma infraestrutura híbrida terá possibilidades de encontrar o sucesso.

Mesmo que a migração ocorra, ela não poderá se manter gerenciável por muito tempo, ocasionando gastos com a contratação de profissionais qualificados para “apagar incêndios” derivados de uma migração malfeita.

Com a evolução das infraestruturas híbridas, a equipe de TI deve buscar se qualificar constantemente, seja realizando cursos específicos oferecidos por muitos dos provedores de serviços em nuvem, seja buscando informações em comunidades de tecnologia (leia um artigo sobre a importância da capacitação da equipe de trabalho). 

Evolução da TI híbrida

A evolução tecnológica não para, e a TI híbrida veio para ficar. Traçar uma estratégia em conjunto com a sua equipe de TI pode auxiliar o seu negócio a obter êxito nessa missão.

Para receber notícias sobre novos artigos para orientá-lo na busca de produtividade e agilidade no mundo da TI, assine a nossa newsletter.

Equipe de Redação

Autor

Equipe de Redação

Deixa uma resposta