Microsoft abandona o Azure RemoteApp em favor de tecnologias de virtualização da Citrix

agosto 30, 2016

A Microsoft começou o processo de “desaceleração” de sua tecnologia Azure RemoteApp em favor do software de virtualização de aplicativos de seu parceiro Citrix. A Microsoft planeja continuar suportando os clientes existentes até 31 de agosto de 2017, quando o serviço será totalmente interrompido. Novas aquisições de Azure RemoteApp poderão ser realizadas até 1º de outubro de 2016.

Entenda a parceria

Por meio do blog da Microsoft veio a seguinte explicação:

“Os clientes nos proveram um feedback consistente no qual buscam uma solução abrangente, baseada em nuvem, para a entrega de aplicativos do Windows. A melhor maneira de entregarmos isso é com a Citrix por meio do XenApp “express”. Atualmente em desenvolvimento o XenApp “express” combina a simplicidade do acesso remoto aos aplicativos e à escalabilidade do Azure, com o intuito de entregar aplicativos do Windows para qualquer usuário em qualquer dispositivo. Teremos muito mais para compartilhar sobre esta oferta nos próximos meses”.

Pelo lado da Citrix, a situação é um pouco diferente, explicaram que na verdade a Microsoft ajudará a Citrix a desenvolver a próxima geração do Citrix XenApp e os serviços associados ao Citrix XenDesktop.

Veja parte do post da Citrix:

“A Microsoft anunciou recentemente a sua intenção de desacelerar o serviço do Azure RemoteApp e ajudar a Citrix a desenvolver a próxima geração do serviço de entrega de aplicativos remotamente. A futura oferta da Citrix, XenApp “express”, combinará a simplicidade e rapidez do Azure RemoteApp com muitos dos recursos corporativos do Citrix XenApp para revolucionar a entrega de aplicativos em nuvem”.

A Citrix ainda acrescentou que, de algum modo, podemos ver este novo serviço, o XenApp “express”, como o Azure RemoteApp v2.0.

O Azure RemoteApp, que tinha o codinome “Mohoro”, permite o acesso aos aplicativos remotos por meio de uma variedade de dispositivos. A Microsoft lançou o Azure RemoteApp em dezembro de 2014 e quando isso aconteceu a Citrix não ficou muito feliz com a entrada da Microsoft neste mercado.

Ambas empresas anunciaram no início deste ano que a tecnologia Citrix permitirá que os usuários de Windows 10 Enterprise com Software Assurance possam executar desktops virtualizados com Windows 10 diretamente do Azure por meio da solução XenDesktop.

A equipe de Azure da Microsoft já iniciou o processo formal de aviso aos clientes do Azure RemoteApp a fim de informá-los sobre a decisão de abandonar a solução. Lembrando que isso não quer dizer que ela ficará ruim e/ou obsoleta, apenas será transformada em outro produto/serviço para melhor atender às necessidades dos mais diversos tipos de negócios.

Falando em novos produtos, veja o caso de sucesso de uma empresa americana que adotou a plataforma PyraCloud para gerenciar seu consumo da nuvem Azure.

Tiago Vieira

Autor

Tiago Vieira

Profissional da área de TI há mais de 15 anos com foco em infraestrutura de TI. Atualmente atua com foco em soluções de produtividade e infraestrutura em nuvem, tais como, Office 365, Azure e AWS. Linkedin

Deixa uma resposta