Microsoft abandona o Azure RemoteApp em favor de tecnologias de virtualização da Citrix

agosto 30, 2016

A Microsoft começou o processo de “desaceleração” de sua tecnologia Azure RemoteApp em favor do software de virtualização de aplicativos de seu parceiro Citrix. A Microsoft planeja continuar suportando os clientes existentes até 31 de agosto de 2017, quando o serviço será totalmente interrompido. Novas aquisições de Azure RemoteApp poderão ser realizadas até 1º de outubro de 2016.

Entenda a parceria

Por meio do blog da Microsoft veio a seguinte explicação:

“Os clientes nos proveram um feedback consistente no qual buscam uma solução abrangente, baseada em nuvem, para a entrega de aplicativos do Windows. A melhor maneira de entregarmos isso é com a Citrix por meio do XenApp “express”. Atualmente em desenvolvimento o XenApp “express” combina a simplicidade do acesso remoto aos aplicativos e à escalabilidade do Azure, com o intuito de entregar aplicativos do Windows para qualquer usuário em qualquer dispositivo. Teremos muito mais para compartilhar sobre esta oferta nos próximos meses”.

Pelo lado da Citrix, a situação é um pouco diferente, explicaram que na verdade a Microsoft ajudará a Citrix a desenvolver a próxima geração do Citrix XenApp e os serviços associados ao Citrix XenDesktop.

Veja parte do post da Citrix:

“A Microsoft anunciou recentemente a sua intenção de desacelerar o serviço do Azure RemoteApp e ajudar a Citrix a desenvolver a próxima geração do serviço de entrega de aplicativos remotamente. A futura oferta da Citrix, XenApp “express”, combinará a simplicidade e rapidez do Azure RemoteApp com muitos dos recursos corporativos do Citrix XenApp para revolucionar a entrega de aplicativos em nuvem”.

A Citrix ainda acrescentou que, de algum modo, podemos ver este novo serviço, o XenApp “express”, como o Azure RemoteApp v2.0.

O Azure RemoteApp, que tinha o codinome “Mohoro”, permite o acesso aos aplicativos remotos por meio de uma variedade de dispositivos. A Microsoft lançou o Azure RemoteApp em dezembro de 2014 e quando isso aconteceu a Citrix não ficou muito feliz com a entrada da Microsoft neste mercado.

Ambas empresas anunciaram no início deste ano que a tecnologia Citrix permitirá que os usuários de Windows 10 Enterprise com Software Assurance possam executar desktops virtualizados com Windows 10 diretamente do Azure por meio da solução XenDesktop.

A equipe de Azure da Microsoft já iniciou o processo formal de aviso aos clientes do Azure RemoteApp a fim de informá-los sobre a decisão de abandonar a solução. Lembrando que isso não quer dizer que ela ficará ruim e/ou obsoleta, apenas será transformada em outro produto/serviço para melhor atender às necessidades dos mais diversos tipos de negócios.

Falando em novos produtos, veja o caso de sucesso de uma empresa americana que adotou a plataforma PyraCloud para gerenciar seu consumo da nuvem Azure.

Equipe de Redação

Autor

Equipe de Redação

Deixa uma resposta