Nada é por acaso: erros comuns no licenciamento de software

dezembro 9, 2016

É fácil de se concentrar em um único aspecto de um projeto de TI, sobretudo durante a implementação de novas soluções, atualizações de sistemas ou simples mudanças no fornecedor de software.

Sempre que algo no ambiente muda, isso provavelmente vai afetar áreas do seu negócio e gerar impacto em outras soluções já em uso. Por causa disso, você tem que considerar que sistemas, aplicativos, dispositivos e usuários que serão afetados por esta nova solução.

Um erro grave que eu vejo repetidamente são equipes trabalhando isoladamente. Infelizmente, nada acontece isoladamente. Trabalhando há alguns anos com organizações com suas necessidades de licença de software, vou compartilhar algumas observações sobre erros comuns que podem ser facilmente evitados.

Citrix XenDesktop e Microsoft

A grande maioria das organizações implantam soluções Microsoft. Muitas organizações selecionam um único profissional ou um pequeno grupo deles para gerenciar suas licenças e contratos da Microsoft, muitas vezes além de suas funções normais. Quando eles avaliam as tecnologias da Microsoft, nem sempre eles estão cientes de outras soluções como Citrix ou o impacto de outras soluções como XenDesktop têm sobre seu contrato com a Microsoft.

Além disso, os profissionais ou equipes que trabalham com a Citrix não conhecem as normas da Microsoft em relação ao XenDesktop. Como o XenDesktop roda em Serviços de Área de Trabalho Remota (RDS), a Microsoft requer licenças para usuários finais, dispositivos ou uma combinação de ambas com CALs para RDS. Isto leva a um de dois erros de licenciamento, muitas vezes dispendiosos:

  1. O XenDesktop é licenciado e os CALS para RDS não.
  2. O XenDeskop é licenciado segundo o modelo de licenciamento simultâneo e CAL para Serviços de Área de Trabalho Remota para que haja uma correspondência, no entanto, a Microsoft não oferece um modelo de licenciamento simultâneo.

Os dois modelos levam a custos não previstos e a um ROI mais baixo do que o estimado inicialmente. Muitas vezes este erro é descoberto durante uma auditoria da Microsoft.

Oracle e VMware

A Oracle oferece tecnologias sólidas para muitas áreas do seu negócio. Embora muitas empresas implantem soluções Oracle em máquinas virtuais VMWare, os termos e condições da Oracle não permitem essa opção de implantação, o que pode ser descoberto em uma auditoria de software. Muitos clientes são cobrados não só por suas licenças sobre as VMs, mas também sobre todo e qualquer host que essas VMs têm a capacidade de conectar. Existem maneiras de fazer uma “hard partition” de servidores para reduzir suas necessidades de licenças Oracle; no entanto, sem uma leitura atenta das letras miúdas e profundos conhecimentos sobre a Oracle, pode ser difícil para muitas equipes de TI determinar como isso é feito e com qual hardware.

Trabalhe em conjunto para evitar surpresas no orçamento

Através da inclusão de outras tecnologias e profissionais dentro de sua organização nas discussões sobre licença de software, você pode evitar esses erros críticos. Isso levará a uma melhor tomada de decisão, menores custos e mais segurança quanto ao seu orçamento.

Na próxima vez que você avaliar uma solução nova ou diferente, envolva mais pessoas. Faça perguntas sobre como esta nova solução vai afetar seu ambiente atual de uma perspectiva de licenciamento e trabalhe com um consultor experiente para checar seu trabalho.

Quer saber mais? A SoftwareONE pode te ajudar. Deixe seu comentário!

85271b5f-8538-4ad8-afe7-8f9b7a40de56

Rodrigo Eleoterio

Autor

Rodrigo Eleoterio

Hosting Solution Specialist da SoftwareONE Brasil. Linkedin

Deixa uma resposta