As 5 principais aplicações de inteligência artificial nas empresas

maio 29, 2019

Com o avanço da tecnologia e a era digital acontecendo cada vez mais rapidamente, ter aplicações de inteligência artificial nas empresas pode ser o grande diferencial para se destacar no mercado.

Otimizar atendimento, reduzir custos e analisar o comportamento do seu consumidor são algumas das coisas que essa tecnologia consegue melhorar dentro de uma companhia. Assim, neste artigo, vamos falar por que e como adotar a inteligência artificial nas empresas. Quer saber mais? Então, continue com a leitura!

Por que adotar a Inteligência Artificial?

Antes de entrar no assunto sugerido no título do artigo, é bom falarmos por que é importante adotar a inteligência artificial no meio empresarial. Veja abaixo:

  • aumento de segurança: reconhecimento por voz ou pelo rosto, mesmo estando parcialmente coberto;
  • redução de custos: com carros inteligentes, por exemplo, pode haver a redução do custo com contratação de motoristas para logística;
  • aumento da automação: fazendo classificação de itens, conferência de estoque e entrega de produtos, por exemplo;
  • oportunidade para inovação: é possível antever alguns possíveis problemas e reagir em tempo real para corrigi-los;
  • aprofundamento da gestão de dados: diminui o risco de erros operacionais e problemas de manutenção;
  • aumento do diferencial competitivo: todo o conjunto desses fatores pode colocar a empresa na frente de outras em relação à competitividade.

Como aplicar inteligência artificial nas empresas?

Agora que já sabemos por que adotar a inteligência artificial nas empresas, veja abaixo 5 formas de fazê-lo.

1. Definição de preços estratégicos

Talvez, uma das primeiras coisas que uma empresa precisa fazer é determinar os preços dos seus produtos/serviços, e a inteligência artificial também pode estar presente nesse momento. Isso já acontece, por exemplo, com os aplicativos de transporte, que calculam o preço estimado de uma corrida antes mesmo que ela aconteça, considerando fatores como distância, horário da corrida, demanda e complicações no tráfego.

Outro exemplo é o dos e-commerces: aqui, a inteligência artificial vai calcular o nível de interesse do comprador a respeito de algum produto — baseado em dados de pesquisas anteriores — e agirá de acordo com essa informação, podendo até alterar seu preço.

2. Chatbot para atendimento

Esse já é um velho conhecido, pois cada vez mais os chatbots fazem as vezes de atendentes, principalmente para suporte. Com a inteligência artificial, os chatbots conseguem dinamizar o atendimento de acordo com o que o cliente precisa, buscando resolver o problema sem a necessidade de um humano.

Isso aumenta a taxa de soluções de problemas, diminui o tempo do atendimento e, consequentemente, reduz os gastos ao conter a necessidade de ter alguém para fazer os atendimentos mais simples.

3. Carros self-driving

Em alguns países — principalmente os que são polos em tecnologia —, já é possível ver carros autônomos circulando pelas vias. Isso é um indício de que, muito provavelmente, daqui a poucos anos será normal encontrar esses veículos no mundo inteiro.

A oportunidade das empresas vai ser usar essa tecnologia para o transporte e a logística, já que caminhões e trens também vão poder ser dirigidos por inteligência artificial.

4. Ferramentas para análise de comportamento

Para conseguir se destacar no meio de toda a competitividade do mercado, é necessário entender seu público e investir em análises que ajudem a traçar perfis certeiros de quem consome seu serviço.

Hoje já existem alguns aplicativos que têm como objetivo entender o comportamento do consumidor. Aqui, a inteligência artificial identifica o perfil dos usuários, seus hábito e preferências de consumo. Com isso, vai ficar mais possível prever o que oferecer para o cliente.

5. Recrutamento de funcionários

Fazer um processo de seleção bem-feito costuma ser algo complexo, não é mesmo? O mais legal para quem busca um pouco mais de praticidade é que a inteligência artificial também ajuda a otimizar o recrutamento.

Com base nos bancos de dados que ficam as informações dos candidatos, os serviços de recrutamento podem pré-selecionar aqueles profissionais que mais têm a ver com o que a empresa procura. Isso, como dissemos, otimiza o processo, diminuindo o tempo da seleção ao reduzir o trabalho que o setor de pessoas tem com entrevistas pouco produtivas.

Realizar algumas dessas aplicações de inteligência artificial nas empresas é uma ótima forma de se destacar no mercado, além de promover a redução de alguns custos. Veja qual delas dá para implementar em seu negócio e faça o teste!

Gostou do nosso artigo e quer entender melhor como modernizar seus processos pode ajudar a sua empresa? Então, entre em contato conosco e vamos conversar!

Powered by Rock Convert
Equipe de Redação

Autor

Equipe de Redação

Deixa uma resposta