Automatize a manutenção de hardware com uma estratégia Zero-Touch

março 20, 2017

No atual contexto mercadológico, no qual grandes organizações tornam-se cada vez mais dependentes dos recursos que a TI tem a oferecer, gerir a implantação e as configurações de toda a infraestrutura hardware que compõe um negócio pode ser desafiador.

Para isso, foi desenvolvida a estratégia de implantação em alto-volume Zero-Touch.

Ok, a proposta é ótima, mas, neste momento, você deve estar se perguntando…

…afinal de contas, o que é Zero-Touch?

Provisão em Zero Touch consiste na automatização do processo de implementação de uma rede. Através dele, o usuário praticamente anula o risco de erros no procedimento e ainda economiza um tempo considerável

Seguindo a tendência de otimização proposta por este artigo, que tal passarmos a palavra para quem criou o método? De acordo com o canal oficial da Microsoft:

“A estratégia de implantação de alto volume Zero-Touch foi desenvolvida para grandes organizações com uma equipe de TI com profissionais experientes em implantação, rede e Gerenciador de Configurações 2007 R2. As organizações que usam essa estratégia geralmente possuem mais de 500 computadores clientes e pelo menos um local com mais de 25 usuários. Elas possuem redes gerenciadas com base no Windows Server”.

Evite dores de cabeça e mão de obra desnecessária

Assim, a estratégia Zero-Touch otimiza o investimento de tempo e mão de obra na inserção de um dispositivo a uma rede e reduz a chance de erros durante o processo.

Isso é particularmente útil para servidores de grande escala, onde, ao invés de investir grande quantidade de tempo e esforço na configuração de cada sistema – sendo obrigado a repetir um mesmo processo inúmeras vezes –, administradores podem que automatizar a ativação de software, a implantação de patches e pacotes e a eliminação de bugs no sistema de forma padronizada em todos os servidores ao mesmo tempo com um simples clique no mouse!

Operacionalização e limitações

De acordo com o site da Microsoft, a implantação de uma estratégia Zero-Touch tem como principal limitação a infraestrutura e o nível de habilidade necessários para implantá-la. A empresas sem a estrutura necessária para a automatização, o canal sugere a implementação de uma ativação em Live Touch.

Os pré-requisitos para operacionalização de uma estratégia Zero Touch são:

  • Microsoft Assessment and Planning Toolkit
  • Mídia de Volume Licenciado (VL) fornecida pela Microsoft
  • MDT 2010
  • Ferramenta de Migração de Estado do Usuário do Windows (USMT)
  • Kit de Ferramentas de Compatibilidade de Aplicativos (ACT)
  • Windows AIK (Kit de Instalação Automatizada do Windows)
  • Gerenciador de Configuração 2007 R2 e seus pré-requisitos

Equipe de Redação

Autor

Equipe de Redação

Deixa uma resposta