Como a Cloud Computing pode transformar seu negócio?

abril 11, 2018

Ouvimos falar em Cloud Computing em toda parte, mas, ainda assim, o conceito é estranho para muitos de nós. Computação em Nuvem, em tradução literal, é como nos referimos à utilização de recursos não locais, ou seja, acessados com auxílio da internet.

Cloud Computing é consumir recursos computadorizados de terceiros, sejam eles máquinas virtuais ou serviços, além de armazenamento e outras utilidades que se comportam mais ou menos como a eletricidade.

Quando você compra eletricidade de uma companhia especializada, ela é a responsável por suprir as redes de distribuição e os pontos de acesso e por realizar a geração da energia contratada. Em contrapartida cabe à sua empresa pagar por aqueles recursos que consome, medidos em kW.

Na Computação em Nuvem, por outro lado, esses recursos são gerados, mantidos e administrados por um provedor, e é sua responsabilidade arcar com a fatia que utiliza.

Cloud Computing não é uma coisa só. Podemos dividi-la em serviços, infraestrutura e armazenagem. Todavia, a tecnologia que permite que tudo isso seja acessado pela sua empresa é universal e segue um molde similar.

Paga-se apenas pelo que se utiliza e utiliza-se sempre o máximo da capacidade possível, em uma relação na qual escalabilidade e custo-benefício estão intimamente conectados.

Dito isso, como a Cloud Computing pode transformar seu negócio? Quais são os impactos positivos de se apostar nessa tecnologia e o motivo pelo qual você deveria fazê-lo? Os tópicos abaixo esclarecem as principais vantagens da Cloud.

Opere com mais eficiência graças à Nuvem

Um dos principais pontos nos quais a Cloud Computing pode ajudar é fazendo os negócios operarem de maneira mais eficiente. Mas, para entender isso, precisamos nos dedicar, brevemente, a observar o que faz o departamento de TI.

No cenário ideal, a TI trabalha diariamente para criar oportunidades de uma companhia se destacar no mercado, oferecendo alternativas tecnológicas que fomentem isso.

Entretanto, na prática, a TI acaba tendo um papel diferente nas organizações. Quando é preciso que ela crie e mantenha a infraestrutura sobre a qual uma empresa opera e administre atualizações e melhorias constantes, é normal que fique sobrecarregada.

Um departamento cujo principal objetivo é permitir que as operações funcionem de maneira fluida acaba ficando com pouco tempo para se dedicar a atividades que seriam realmente transformadoras.

Para endereçar esse problema, a Cloud Computing propõe uma solução bastante simples. Recursos computacionais são administrados por terceiros, que têm como responsabilidade oferecer o máximo de disponibilidade, eficiência e robustez em suas entregas.

Isso permite que as equipes internas de TI sejam reduzidas ou foquem toda a força de trabalho no que o negócio precisa para se destacar.

Chamamos isso de “foco no core business”. Uma TI que não precisa de lidar com uma infinidade de problemas cotidianos porque tem a quem repassar as tradicionais demandas computacionais que atravancariam seu dia pode dedicar-se à geração de ideias que fazem uma empresa crescer.

Reduza os custos e obtenha benefícios

Porém, foco é apenas uma das vantagens da Nuvem. Outra coisa que ela faz bem é permitir que gastos de capital sejam poupados. Gastos de capital são aqueles investimentos que um negócio faz a longo prazo, como na aquisição de hardware para o armazenamento de informações.

No momento em que você migra para a Cloud Computing, eles se tornam gastos operacionais, ou seja, mais uma conta a ser paga todos os meses e que é compatível com a utilização de recursos feita pela empresa.

É possível cortar ou ampliar esses dispêndios de acordo com a necessidade, e eles oferecem um retorno melhor para o negócio. Por isso, afirmamos que a Cloud oferece uma ótima relação custo-benefício.

Crie jornadas de trabalho flexíveis com a Cloud Computing

Muitos empresários se perguntam como podem flexibilizar a jornada de seus colaboradores. Essa tendência já se mostrou eficaz na hora de torná-los mais motivados e melhorar seu desempenho. Entretanto, ela exige uma miríade de adaptações para funcionar, não é mesmo?

A primeira delas é a adoção da Nuvem. Colocar as informações do negócio na internet as torna acessíveis (mediante autenticação) a partir de qualquer lugar do planeta.

Esse é o primeiro passo para escalas de trabalho menos rígidas e um dos pilares do home office de alta performance.

Obtenha mais segurança para o negócio

Entretanto, colocar as informações de uma organização na Nuvem pode parecer perigoso, a princípio. Não seria mais seguro deixar tudo armazenado em um só lugar e oferecer barreiras físicas e virtuais para o acesso?

Infelizmente, não. A concentração de montantes de informação relevante em um único data center é a forma mais fácil de torná-las vulneráveis.

A Cloud Computing distribui os dados do seu negócio em vários servidores ao redor do mundo, considerando pontos como a velocidade de acesso e implementando múltiplas ofertas de segurança.

Dados na Nuvem ainda estão relativamente imunes a desastres e podem ser recuperados em uma velocidade altíssima.

Não obstante, seguem os padrões de segurança do seu provedor, provavelmente um grande player do mercado, como o Azure, da Microsoft.

Portanto, serão criptografados, armazenados e mantidos sob os padrões de segurança mais rígidos do mercado, algo que custaria muito caro para a sua empresa reproduzir internamente.

Otimize o atendimento ao cliente usando Cloud Computing

Quer outro motivo para adotar a Nuvem? Oferecer atendimento ao consumidor é mais fácil com auxílio do recurso. O primeiro motivo para isso fica por conta de uma integração mais eficiente entre os canais de contato.

Quando as informações do negócio e os serviços que ele utiliza para se conectar com clientes estão na Nuvem, é mais fácil obter acesso instantâneo a eles e resolver pendências.

Disponíveis simultaneamente para todos os usuários autorizados, essas informações ajudam a compor um atendimento mais personalizado e eficiente.

Agora, se você vende software, há ainda uma vantagem adicional. O custo (e o tempo investido) no desenvolvimento e publicação de um novo aplicativo é significantemente reduzido com a Cloud Computing.

Sem ter de adquirir novos servidores ou fazer um investimento enorme na adaptação dos recursos de que dispõe atualmente, é possível desenvolver ideias com rapidez e colocá-las ao alcance do consumidor mais rapidamente.

Esse é outro aspecto do atendimento ao cliente que raramente é considerado, mas faz toda a diferença na experiência que ele tem com relação aos seus produtos e serviços.

A Cloud Computing pode mudar a forma como você trabalha, interage e adquire recursos.

Dizemos, então, que trata-se do tipo de tecnologia que tem alto potencial disruptivo, porque a Nuvem coloca à nossa disposição novas maneiras de lidar com problemas tradicionais e amplia as alternativas de que dispõe um negócio para enfrentar os desafios do cotidiano.

A Cloud Computing não é apenas uma tendência. Na maioria das vezes, ela é o que falta para otimizar um empreendimento e fazê-lo mais rentável, eficiente e seguro.

Gostou de conhecer melhor esses recursos de Cloud Computing? Aproveite, então, e compartilhe agora mesmo este artigo nas suas redes sociais!

Powered by Rock Convert
Equipe de Redação

Autor

Equipe de Redação

Deixa uma resposta