Como implementar práticas eficientes de segurança da informação?

fevereiro 16, 2017

Nos últimos anos as ameaças digitais passaram a mirar uma série de dispositivos, como smartphones e gadgets da Internet das Coisas para invadir sistemas corporativos e a infraestrutura de um negócio. Para proteger os dados de seus usuários e impedir vazamentos, uma empresa deve adotar uma série de medidas que reforcem as políticas de segurança da informação. Assim, é possível criar um ambiente de trabalho sólido e confiável.

Se você quer conhecer cinco medidas que auxiliem o empreendimento a reforçar a sua segurança interna, veja a nossa lista abaixo!

1. Tenha uma política de controle de acesso a diretórios e sistemas

Muitos ataques podem ter o seu ataque reduzidos através de uma sólida política de controle de acesso a diretórios. Gestores de TI precisam adotar regras que limitem o acesso a conteúdos de acordo com a rotina de cada profissional. O mesmo vale para privilégios de sistema, que devem ser concedidos de acordo com o perfil técnico de cada colaborador.

Impedir que pessoas possuam privilégios em excesso evita que uma conta comprometida possa ser utilizada para expor informações ou remover dados indevidamente. Em caso de ataque, o impacto será baixo e medidas de controle serão aplicadas rapidamente.

2. Mantenha sistemas atualizados

Para eliminar ao máximo o número de bugs e vulnerabilidades de segurança presentes em sistemas internos, a empresa precisa distribuir updates com agilidade. As atualizações são uma forma simples de eliminar falhas no código-fonte de uma aplicação e, ao mesmo tempo, disponibilizar novas funcionalidades para o usuário final. Portanto, o setor de TI precisa definir uma rotina de testes ágil, que reduza ao máximo o tempo necessário para cada pessoa obter acesso a uma nova versão de suas ferramentas de trabalho.

3. Faça o backup dos dados

O backup de arquivos garante que registros de alto valor sejam recuperados rapidamente após falhas ou queda de sistemas. Eles podem ser feitos na nuvem, em mídias externas ou servidores dedicados. Em todos os casos, é crucial que a companhia realize cópias em intervalos regulares, reduzindo o impacto que a perda de informações causará na rotina do empreendimento.

A frequência de cada backup pode ser definida de acordo com o valor do registro e a frequência em que ele é modificado. Informações que são apenas visualizadas por usuários, por exemplo, podem ter as suas cópias realizadas em intervalos maiores. Ao mesmo tempo, o gestor de TI deve criar uma rotina de testes para validar a integridade de todos os backups regularmente, eliminando as chances de um snapshot apresentar problemas no momento de uso.

4. Adote a nuvem como ferramenta estratégica

A computação na nuvem já está disseminada em várias empresas. Ela deve ser vista como um investimento que reforça as políticas de segurança da informação, uma vez que sistemas na nuvem permitem a gestão de dados simplificada e um controle maior sobre os recursos disponibilizados a cada usuário.

Em ambientes de cloud computing, updates são distribuídos em alguns cliques. Ao mesmo tempo, mudanças nas políticas de segurança da informação podem ser aplicadas a todos os usuários com alguns cliques, diminuindo o impacto que vulnerabilidades possam ter nos resultados do negócio. Vale destacar, também, que a nuvem reduz gastos com TI e torna a rotina do empreendimento mais flexível.

5. Possua uma plano de contenção de desastres

O plano de contenção de desastres é um documento com um conjunto de medidas a serem tomadas caso o empreendimento tenha falhas operacionais ou sofra um ataque. Ele deve ser conhecido por todos os profissionais do setor de TI e estar integrado com as políticas de segurança da informação. Dessa forma, caso algo de errado aconteça, o empreendimento será capaz de recuperar os seus serviços rapidamente, reduzindo o impacto causado por um ataque ou interrupção de serviços.

Gostou da nossa postagem e quer receber novidades sobre segurança da informação e processos de gestão de TI em primeira mão? Então siga as nossas páginas no LinkedIn, Facebook e Twitter para receber as nossas novidades!

Quer conhecer outras vantagens que a nuvem pode trazer para sua empresa? Acesse nosso conteúdo especial. É grátis!

Equipe de Redação

Autor

Equipe de Redação

Deixa uma resposta