CUSTOS DE NUVEM – GERENCIÁVEIS OU FORA DE CONTROLE?

janeiro 23, 2019

Nossa recente pesquisa com C-level e gestores de TI, “Gerenciando e Entendendo Gastos On-Premise e na Nuvem”, revelou muitos dos mitos e desafios que a nuvem ainda apresenta para as organizações. Mesmo com os gastos de nuvem subindo – segundo o Gartner, o gasto com nuvem pública  está previsto para alcançar US$ 302 bilhões mundialmente, até 2021 – há ainda muitas dúvidas e preocupações das empresas que estão migrando os dados e aplicações para a nuvem. O Wall Street Journal indica que algumas empresas arriscam gastos excessivos com frequência, devido ao tempo que levam para entender suas necessidades em um novo ambiente.

Cynthia Harvey, contribuidora da Information Week, recentemente escreveu “10 Dicas Para o Gerenciamento dos Gastos na Nuvem“, porque, como vimos na nossa pesquisa, a preocupação prevalecente em torno da nuvem hoje não é apenas segurança e performance – mas o custo. Descobrimos que aproximadamente metade (43%) dos entrevistados sentiram que os altos custos era a maior preocupação, quando o assunto é nuvem.

IBM CloudPowered by Rock Convert

Isto se dá pelo fato de que muitas empresas têm problemas para rastrear e prever os gastos na nuvem. A mesma pesquisa revelou que os custos imprevistos com nuvem foi o maior ponto crítico para 37% dos entrevistados, seguido pela falta de transparência e visibilidade para 30%.

Assim como o artigo da Information Week noticiou, o RightScale também publicou seu Relatório sobre o Estado da Nuvem 2018 e o grande volume de gastos está se tornando difícil para as empresas rastrearem, racionalizarem e gerenciarem. Harvey percebeu que mais da metade dos entrevistados do RightScale relataram gastos de US$ 1,2 milhões por dia em serviços de nuvem e 26% gastaram US$ 6 milhões – este número possivelmente irá aumentar em 2019.

Assim, o que pode ser feito com esses custos imprevistos com nuvem? Harvey trouxe dez dicas para as organizações seguirem:

  • Monitoramento diário dos gastos
  • Desligamento de instâncias não utilizadas ou desnecessárias
  • Requerimento de tags por toda a empresa
  • Confiança na automação ao invés de processos manuais
  • Considerar uma ferramenta de gestão de nuvem a parte
  • Investir em uma ferramenta de gestão de nuvem híbrida se as suas necessidades são mais complexas
  • Procurar por uma solução com capacidade de machine learning
  • Adotar uma abordagem sistemática para a gestão de custos de nuvem
  • Monitorar o aprisionamento tecnológico
  • Otimizar custos de nuvem privada

Para isso, recomendamos plataformas que otimizem seus investimentos em nuvem e gerencie seus softwares, para maior controle de gastos e menos surpresas orçamentárias.

Powered by Rock Convert
Equipe de Redação

Autor

Equipe de Redação

Deixa uma resposta