Gestão de mudanças: o que é e como implementar?

abril 8, 2019

O ambiente externo tem mudado cada vez mais rápido, e novas tecnologias e concorrentes surgem todos os dias. Por isso, as empresas devem saber como se adaptar, quebrar os paradigmas da burocracia e realizar uma boa gestão de mudanças.

A realidade é que a mudança é uma necessidade básica para qualquer organização que queira se manter no mercado, mas geralmente é um processo muito complexo — especialmente quando a transformação é radical e disruptiva para o empreendimento.

Pensando nisso, criamos este post especialmente para você. Vamos explicar melhor o que é gestão de mudanças e como esse processo pode ser conduzido na sua empresa por meio da explicação de questões práticas. Continue lendo este artigo e fique por dentro do assunto!

Afinal, o que é gestão de mudanças?

A gestão de mudanças é uma área administrativa cada vez mais importante para o ambiente corporativo. Isso porque as companhias estão constantemente adaptando os modelos de negócios, as estratégias de atuação e os recursos utilizados para aproveitar as oportunidades existentes no mercado.

Entretanto, essa atividade-chave pode encontrar barreiras dentro da empresa, como o medo do desconhecido, a falta de capital e de tempo para a adaptação — ou mesmo os interesses pessoais. Portanto, é importante ter uma gestão que facilite o processo transformador.

Entre os principais pilares para essa gestão estão a educação dos colaboradores, a utilização de novas tecnologias e o apoio da alta administração. Desse modo é possível aproveitar as possibilidades que se apresentam no mercado, realizando as alterações necessárias no ambiente interno.

Quais são os principais tipos de mudanças?

Existem diferentes tipos de mudanças: algumas são planejadas, enquanto outras são espontâneas. De todo modo, quando uma mudança tem início, isso sinaliza que, para a sua continuidade no mercado, a empresa apresenta demandas que devem ser resolvidas. Quanto mais robusta for a mudança, mais difícil será seu gerenciamento. Conheça as principais categorias:

Mudança incremental

Geralmente não ocasiona grandes transformações na companhia. Costuma acontecer por meio de alguns ajustes internos.

Mudança emergente

É uma mudança não planejada, que emerge do mercado de modo espontâneo e exige que a empresa aja de forma rápida e eficaz.

Mudança radical

É a mais robusta e complexa, e geralmente gera impactos na estratégia ou no modelo de negócios — por isso é a mais difícil de ser realizada.

Como implementar mudanças com sucesso?

Para facilitar a mudança e eliminar a resistência ao máximo, é preciso conhecer algumas dicas e aplicá-las na sua empresa. Essas transformações vão desde a melhoria da comunicação interna até a utilização de novas tecnologias. Conheça as boas práticas mais relevantes.

Criar um sentido de urgência

É preciso compartilhar a sensação de imediatismo, de que a mudança deve acontecer o mais rapidamente possível para manter o empreendimento competitivo e sustentável no mercado.

Facilitar o processo de comunicação

Comunicar-se bem é indispensável para manter a equipe informada sobre as mudanças que devem acontecer, otimizando a transparência, a credibilidade e a sinergia do ambiente de trabalho.

Estabelecer metas inteligentes

Trabalhar com metas bem planejadas contribui para tornar a implementação mais prática, funcionando como um passo a passo. Elas devem ser desenvolvidas no padrão SMART, sendo específicas, mensuráveis, alcançáveis, relevantes e temporais.

Utilizar bem a tecnologia

A aplicação tecnológica adequada ajudará a facilitar todo o processo, garantindo uma implementação mais rápida e segura. A tecnologia pode ser empregada para planejar, controlar e mensurar os resultados desejados.

Tendo essas questões em mente, é essencial que uma empresa se adapte constantemente às transformações externas, mas para isso precisa eliminar as diversas barreiras internas e saber gerenciar os recursos necessários a seu favor.

Quais são os desafios da gestão de mudanças?

Como vimos até aqui, investir em mudanças é um trabalho que exige dedicação. Para que as adaptações sejam bem planejadas e conduzidas, além de conhecer boas práticas para implementar o processo, é indispensável entender os elementos que desafiam a gestão de mudanças. Entenda alguns deles a seguir:

Objetivo pouco claro

Nem sempre é fácil para os funcionários compreenderem o ponto ao qual a empresa deseja chegar com uma transformação. Essa dúvida pode tornar o processo cansativo e improdutivo, desgastando a rotina da companhia. Logo, para dar sequência ao processo, é essencial ter foco, trabalhando desde o início com toda a equipe a partir de um propósito bem definido.

Falta de atenção com o time

Os colaboradores formam um dos principais pilares da empresa. É a partir das ações desenvolvidas por eles que a organização consegue de fato atuar no mercado e seguir as ações planejadas em busca dos resultados almejados. Logo, é um erro não capacitar a equipe. Quando são poucos valorizados, os funcionários não se sentem seguros em suas rotinas.

Inexistência de liderança

Sem a presença de pessoas responsáveis, focadas na equipe e no plano de mudanças, o processo de transformação tende a não ter sucesso. Logo, não se deve subestimar a importância da empresa trabalhar com bons líderes para conduzir as novas ações de maneira fluida, organizada e produtiva.

Para que as transformações sejam reais e acertadas, os colaboradores devem perceber os gestores como exemplos a serem seguidos.

Ferramentas inadequadas

A tecnologia, como comentamos na introdução deste artigo, exige constante adaptação das empresas. Portanto, barreiras que dificultem a implementação de mudanças precisam ser evitadas. Afinal, as ferramentas e os recursos usados devem valorizar a inteligência da organização e ser implementados de modo planejado e orgânico para cada departamento da empresa — e não gerar mais dificuldades para um já difícil processo de adaptação.

Por fim, é preciso frisar novamente que a gestão de mudanças é um aspecto bastante importante para o ambiente corporativo. As organizações precisam se atualizar para manter não só a sua continuidade, mas uma competição saudável com os concorrentes de mercado. Por isso, é indispensável estudar as questões que envolvem o processo.

Agora que você já sabe como implementar a gestão de mudanças na sua empresa, aproveite a visita e assine nossa newsletter para receber outros conteúdos como este diretamente no seu e-mail!

Powered by Rock Convert
Equipe de Redação

Autor

Equipe de Redação

Deixa uma resposta