4 técnicas essenciais para recrutamento e contratação em TI

março 29, 2019

Recrutar pessoas é uma tarefa complexa. Mas, a situação fica ainda mais complicada quando o gestor tem a missão de contratar profissionais da área de tecnologia — um setor técnico e em constante transformação. O recrutamento e contratação em TI, portanto, exige esforço e estratégias específicas para que a empresa consiga atrair e contratar os melhores profissionais de tecnologia da informação.

Afinal, estamos num contexto em que é preciso usar estratégias para aumentar a produtividade e solucionar conflitos com precisão e rapidez. E a tecnologia pode impactar diretamente os negócios de uma empresa.  

Quer saber quais as estratégias para garantir que o recrutamento e contratação em TI traga os melhores talentos para sua empresa? Confira, neste artigo!

1. Conquistar e atrair os melhores profissionais

Divulgar uma vaga, selecionar currículos, entrevistar candidatos: essas são tarefas básicas do departamento de RH. Porém, para que a empresa consiga atrair profissionais de TI altamente qualificados é preciso investir numa estratégia poderosa: fortalecer sua marca empregadora.

Com base nisso, o RH se torna mais estratégico, atuando em conjunto com o departamento de marketing, para aumentar sua demanda de mercado, ou seja: conquistando grandes talentos pela sua reputação enquanto empregadora.

Para isso, a empresa precisa deixar claro na descrição das vagas quais são:

  • sua cultura organizacional;
  • suas estratégias de desenvolvimento;
  • os benefícios oferecidos aos colaboradores.

2. Realizar testes práticos durante o recrutamento e contratação em TI

O teste prático é fundamental para o empregador conhecer as competências de um candidato, observando as suas habilidades com as ferramentas e sistemas utilizados na empresa.

É um procedimento benéfico tanto para a empresa quanto para o futuro colaborador, pois possibilita que o candidato entenda melhor quais serão suas atividades.

Esse procedimento funciona como um funil de seleção de candidatos, facilitando a escolha do melhor profissional, pois ele serve como ferramenta de certificação de competências e habilidades.

3. Observar o perfil comportamental

Erroneamente, os profissionais de TI são avaliados apenas com base em suas competências técnicas. O setor de tecnologia é inovador e está em constantes transformações. Isso exige profissionais que sejam:

  • flexíveis;
  • versáteis;
  • adaptáveis.

Portanto, as características comportamentais também precisam ser avaliadas durante o recrutamento e contratação em TI.

Para escolher o profissional ideal, utilize as estratégias de avaliação de perfil comportamental e avalie se as competências técnicas e características comportamentais do candidato estão de acordo com as necessidades da empresa.

4. Trabalhar com programas de recomendação

A indicação de candidatos é uma prática que pode ser extremamente benéfica para sua empresa, já que os colaboradores têm a possibilidade de indicar profissionais de seus círculos de convivência para participar da seleção de uma vaga. Essa é a oportunidade de transformar todos os membros da sua equipe em potenciais aliados, reduzindo o tempo gasto no processo de seleção.

Como benefício aos colaboradores que participarem do programa de recomendação, a empresa pode conceder bonificações, caso o profissional indicado seja contratado.

Lembre-se que o processo seletivo é uma via de mão dupla. Não é só a empresa que escolhe o colaborador, mas ele também decide se quer ou não trabalhar ali. Portanto, o recrutamento e contratação em TI deve se alinhar aos objetivos profissionais dos candidatos que busca.

Gostou deste artigo? Compartilhe-o nas suas redes sociais e dissemine esse conhecimento!

Equipe de Redação

Autor

Equipe de Redação

Deixa uma resposta