Veja como a governança de TI pode apoiar a sua tomada de decisão

dezembro 26, 2016

Uma empresa que deseja uma longa vida de prosperidade precisa ter uma organização impecável. Com isso, surgiu no mercado um conjunto de melhores práticas para que os empresários conseguissem tomar as melhores decisões ‒ a chamada governança corporativa ‒, que agora possui um “braço direito”: a governança de TI.

Mas você sabe realmente como a governança de TI pode contribuir com as melhores decisões para sua empresa? Confira no post de hoje!

O que é governança de TI

Para compreender o que é governança de TI, vamos voltar ao tema da governança corporativa, que basicamente se define como práticas que aumentam o valor da empresa e facilitam o acesso ao capital.

O gerenciamento na governança corporativa é feito através da alta administração (executivos, conselho de administração e acionistas) e também por auditorias independentes, para que haja boa transparência no comando da empresa.

A governança de TI surge como uma auxiliadora da governança corporativa e trabalha por meio de um guia de melhores práticas (framework) que sugere ações que garantam o controle e a segurança das informações que estão na rede.

Em outras palavras, a área de TI trabalha integrada à diretoria da empresa para ajudar na tomada das melhores decisões. Afinal de contas, o mundo está cada vez mais digital.

As funções da governança de TI na rotina da empresa

A governança de TI tem como objetivos a inspeção dos processos, a certificação da segurança dos dados da empresa, a potencialização dos recursos e o auxílio na tomada de decisões.

Dentro da rotina de trabalho, essa governança atua com foco nas seguintes áreas:

  • Gestão de riscos: premedita possíveis riscos em relação aos dados no sistema e elabora as melhores estratégias de combate, além de analisar possíveis oportunidades.
  • Gestão de recursos: otimiza os recursos tecnológicos e humanos na empresa.
  • Alinhamento estratégico: alinha a TI e o negócio como um todo, elaborando um plano de operação geral.
  • Mensuração de desempenho: analisa a entrega dos serviços, o uso dos recursos e o quanto contribuiu para a estratégia de todo o negócio.
  • Entrega de valor: verifica se os benefícios (como a otimização de custos, por exemplo), estão sendo conquistados.

Os benefícios de aplicar a governança de TI na tomada de decisão

Agora que você compreendeu o significado de governança de TI, conheça os principais benefícios de aplicação nas empresas:

Reduz os riscos

Como a governança de TI avaliará possíveis riscos em relação à segurança de dados e danos que problemas tecnológicos podem causar aos negócios, sempre haverá um plano pronto a ser executado ‒ reduzindo grandes prejuízos para a empresa, inclusive financeiros.

Toma decisões com base em métricas variadas

Uma empresa que aplica a governança de TI consegue ter acesso a uma série de métricas que vão além das financeiras e indicam a produtividade da equipe e necessidade de melhoria em todos os seus processos.

Otimiza os recursos de TI 

Geralmente as empresas destinam parte do orçamento anual para a área de TI. Com a governança de TI aplicada, haverá a avaliação das necessidades de melhorias e a otimização dos recursos para evitar desperdícios financeiros, proporcionando investimentos no que realmente é prioridade.

Traz um diferencial competitivo

Com uma governança de TI assegurando e executando os melhores processos na área da tecnologia, a empresa só tende a crescer, destacando-se da concorrência. Por exemplo: a equipe pode desenvolver aplicativos para diversificar o negócio; expandir uma loja tradicional para e-commerce, criar novas formas de comunicação online com os clientes e etc.

Percebeu como uma governança de TI pode ajudar a alavancar os seus negócios? Tecnologia da informação trabalhando em conjunto com a diretoria da empresa reduz os riscos, otimiza processos e garante as ferramentas necessárias para um crescimento seguro.

Se você gostou destas informações, compartilhe este post em suas redes sociais!

Equipe de Redação

Autor

Equipe de Redação

Deixa uma resposta